RECEBA NA SUA VIDA A PAZ DO SENHOR JESUS

separator

No jardim, do Getsêmani, Jesus passou por um estado de ansiedade, preocupação e temor tão intensos, que suou gotas de sangue. Esse estado de abatimento e quase destruição emocional não era próprio de Jesus. 

Antes do Getsêmani não há relato de Jesus andando ansioso de coisa alguma e após aquele momento de agonia, ainda no Getsêmani, Jesus voltou ao seu estado de calma e paz interior. A prova disso é que nos relatos bíblicos posteriores àquele momento de agonia, ao perceber que chegavam os soldados designados para prendê-lo, Jesus se comporta com calma e dignidade, assumindo o controle da situação, pois antes que os soldados tomassem qualquer iniciativa, ele pergunta: “a quem vocês procuram?” A resposta foi “a Jesus de Nazaré”. Jesus responde: “Sou eu”. Em sua resposta havia tanta calma, dignidade e autoridade, que os soldados recuaram, caindo uns por cima dos outros. Essa era a oportunidade de um homem estressado e amedrontado fugir correndo. Mas Jesus calmamente espera que eles se recomponham, e se permite prender. 

Em todo o seu julgamento Jesus esteve em controle, calmo e tranquilo. Por que tudo isso? Porque no Getsêmani, Jesus estava sofrendo o meu e o seu estresse. Ele estava nos redimindo, com o seu sangue precioso, de toda ansiedade e preocupação. Ele sofreu o nosso medo, os nossos temores mais profundos, a nossa ansiedade mais estressante, o nosso pânico mais terrível, para que você e eu sejamos calmos e tranquilos, para que tenhamos a mais plena, completa e genuína paz. Algumas poucas horas antes do Getsêmani, na última ceia, ele disse:

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”.

Não poetize essa palavra de Jesus. Entenda que isso não é uma metáfora, ou um simbolismo. Isso é uma promessa para a vida de todo aquele que crê. Receba na sua vida a paz do Senhor Jesus. Essa paz é parte das promessas que ele quer ver cumpridas na sua vida. Para que você receba essa paz e nela viva, foi que ele pagou o preço da morte na Cruz. A vida moderna (ou pós-moderna como queiram alguns) é cada vez mais estressante, e as pessoas andam cada vez mais doentes em função desse estilo de vida. Mas saiba que é possível viver na pós-modernidade em plena paz. A paz a que me refiro não significa um estado de alienação, fingindo que os problemas não existem, mas um estado de segurança e tranquilidade interior que te capacita a enfrentar os problemas e lutas com uma visão clara, sem sucumbir diante das pressões, sem ser vitimado por síndromes ou ataques de pânico, raiva, medo, angústia, depressão, e tudo de semelhante que o estresse nos oferece. Creia: Jesus pode te fazer andar e viver em Plena paz.

 

Cresça em fé, viva vencendo, seja uma benção.

Pastor Mauricio Fragale