Menu

Quem é você a partir de agora?

(2 Coríntios 5:21) “Deus tornou pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele nos tornássemos justiça de Deus.”

Existem duas coisas que o cristão precisa saber logo em sequência à sua decisão de seguir a
Jesus:

Número um: Quem Deus é, segundo a Sua Palavra, e não segundo conceitos do mundo.
Muitos têm a visão errada de Deus por causa do que leem no Antigo Testamento. De fato, o
Deus do Antigo e do Novo Testamento é o mesmo, porém a maneira como Ele lida conosco
mudou da água para o vinho! No Antigo testamento Ele se relacionava com o homem através
da Lei. Agora Ele se relaciona conosco através de Cristo, com base na Nova aliança, a Aliança
da Graça.

A segunda coisa: Quem nós somos em Cristo.
Precisamos entender que em Cristo, as coisas antigas já passaram (2 Co 5:17). Nosso passado
não pode mais afetar nosso futuro!
Se você tomou uma decisão consciente de seguir a Jesus, você nasceu de novo. E quando você
nasce de novo, Deus sepulta o seu passado e te separa para Ele. Você agora pertence a Ele!
Pertencer a Ele significa, biblicamente, que em Cristo nós somos santos. Santo é aquele que foi
separado do diabo, do inferno, das trevas, para a luz, para Jesus. Quando você nasce de novo,
você se torna “0 km” em seu espírito. Antes você tinha a natureza do inferno e agora tem a
natureza do céu, a natureza do próprio Deus.

Há cristãos que pensam que são pobres e miseráveis pecadores, salvos pela graça. Mas ou
você é santo, ou você é pecador. É impossível ser os dois ao mesmo tempo! Esses conceitos
surgem quando o homem olha pra si próprio, para a sua carne e não para a Palavra! Nós
ÉRAMOS pobres, miseráveis pecadores, porém agora somos salvos pela graça. Nós andávamos
nas trevas, mas hoje estamos na luz. Muitos talvez até estiveram sob o domínio de espíritos
demoníacos, mas hoje somos templo do Espírito Santo.

Um pecador não é definido pelo que ele faz, mas pelo que ele é. É a natureza, e não os atos,
que define o pecador. Não é o simples fato de pecar que torna alguém um pecador, é o fato de
ele ser quem ele é. Porque pecador pode ser inclusive aquela pessoa que nunca fez nada de
mal para ninguém, mas ainda assim precisa de Jesus para ser salvo.

O cristão nascido de novo tem uma natureza recriada, ele nasceu de novo. “As coisas antigas já
passaram, eis que tudo se fez novo…”. Leia as epístolas do Novo Testamento e você verá logo
nas palavras de introdução, que elas são dirigidas aos santos, nunca aos pecadores! Não há
uma passagem sequer no Novo Testamento que diga que os crentes em Cristo Jesus são
pecadores. Pelo contrário, o Apóstolo Paulo sempre diz:

“Vocês querem resolver o problema de vocês?  Lembrem-se de quem vocês são em Cristo Jesus!”

Então lembre-se disso: você é um espírito, nascido de novo, recriado em Cristo Jesus.

Jesus nasceu sem a marca do pecado, mas com a possibilidade de vir a pecar, porque ele abriu
mão de seus privilégios divinos (confira com Filipenses 2 : 5 – 11). Jesus se tornou um ser
humano sujeito às tentações, e a Bíblia diz que Ele foi tentado em TODAS as coisas, então
certamente isso inclui TODAS as áreas da vida humana – área sexual, moral, financeira, etc.
Mas ele passou seu tempo no mundo sem pecar. Como? Resistindo ao diabo na força do
Espírito Santo. Por isso ele disse: “Aquele que crê em mim fará também as obras que tenho
feito e fará coisas ainda maiores do que estas…” (Jo 14:12), porque o que ele fez foi como um
homem ungido pelo Espírito Santo e não como Deus. Assim, nós também somos capacitados
para vencer!

Em Cristo nós somos justos e justificados! Nós morremos e nascemos de novo. Porque
estamos EM CRISTO, podemos vencer as tentações e o pecado! E nós, como filhos do Deus
Altíssimo, não devemos satisfação alguma ao inferno ou ao diabo!